Saiba como estudar corretamente.

Técnicas como estudar
Técnicas como estudar

A maioria dos estudantes não sabe como estudar corretamente. Pesquisei  5.839 brasileiros que querem para passar em alguma prova, seja para o Enem, concurso ou vestibular. Cada estudante respondeu a 96 questões sobre seus hábitos de estudos. Aqui encontrei péssimos hábitos e pouco uso de boas técnicas de estudo. O resultado dessa pesquisa ainda me surpreende.

Descobri que 95% dos brasileiros querem saber como estudar para passar em uma prova, seja para o enem, o vestibular ou algum concurso, se perdem ao estudar, pois não utilizam as regras de uma revisão eficaz. Os estudantes cometem muitos deslizes e estudam de maneira errada!

E se por exemplo, você é um atleta você vai repetir seus exercícios. Se você é um nadador você vai corrigir suas braçadas repetindo seus exercícios educativos, se você joga vôlei vai repetir seus saques milhares de vezes, se você joga basquete terá que repetir milhares e milhares de arremessos ao cesto. Se você joga futebol você terá que treinar o pênalti muitas vezes.

Talvez você se pegue cometendo alguns erros também.

Se você quer aprender alguma coisa de verdade você vai precisar repetir e revisar.

Porque repetir é a base da fixação definitiva de qualquer conteúdo que precisa ser aprendido.

Se você é um estudante e precisa aprender qualquer disciplina dessas estudadas na escola, no ensino médio, na faculdade, nos concursos públicos, você sempre precisará fazer revisões e repetições. Quando você está estudando as matérias do ENEM, do Vestibular ou de um concurso público você precisa deixar PISTAS para recuperar a informação novamente. Estas PISTAS são as anotações. E as anotações não foram feitas para serem apenas lidas.

Os seus colegas sabem como estudar?

Eles fazem anotações, marcações, rabiscos, gráficos que permitam a reconstrução daquilo que estudaram na sua integralidade? Agora eu não vou falar sobre como fazer anotações.

Vou apenas explicar um esquema de revisões. Como você deve organizar a sua revisão dos estudos. Venha comigo…

No Curso COMO ESTUDAR – ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS AVANÇADAS DE APRENDIZAGEM E ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO apresento a seguinte estrutura para a revisão dos estudos.

MICRO REVISÃO – Esta micro revisão é a revisão zero. Ela ocorre SEMPRE dentro do período de estudo. Ela é imediata.

Imagine que você vai começar a estudar uma disciplina hoje.

Você planejou estudar Português por 60  minutos. Nos os últimos 10 ou 15 minutos você deverá fazer a revisão daquilo que você acabou de estudar.

Da hora que você recebeu o estímulo (a aula) no início da manhã, até o fim da noite, você será capaz de lembrar-se de apenas 40% de tudo que o professor falou de manhã, ou apenas 40% de tudo que você leu pela manhã.

Seu objetivo mais importante é evitar aquele esquecimento que acontece no mesmo dia. Portanto você precisa revisar essa matéria o mais rápido possível.

Se você teve aulas pela manhã ou mesmo pela noite, antes de sair da escola reveja rapidamente as suas anotações. E para sair na frente dê uma passada de olhos pelas suas anotações. Se você não anotou nada vai ficar difícil revisar a matéria.

Se você precisa tomar um ônibus ou pegar uma van para ir para a casa, faça a revisão durante o trajeto. Se você se sente mal lendo no ônibus ou no carro, tente fazer uma revisão mental.

A revisão  ZERO ou a MICRO REVISÃO também não é feita.

Por isso, coloco aqui essas dicas:

PRIMEIRA REVISÃO – Esta revisão deve ocorrer dentro de 7 dias no máximo. De preferência ainda dentro da mesma semana. Ela deve ocorrer nos 10 primeiros minutos do seu próximo período de estudo.

Se no seu horário de estudo você tem muitas disciplinas, 10 ou 15, ou até mesmo 20 e poucas disciplinas como acontece com concurseiros que estão estudando para a Receita Federal às vezes não dá para encaixar todas as disciplinas na mesma semana.

Então você deve separar algum período da semana para repetir o que foi estudado dentro daqueles últimos 6 ou 7 dias.

Você não pode ficar sem rever a matéria estudada mais do que isso, pois a curva de declínio da aprendizagem é muito intensa e você vai esquecer 95% do conteúdo estudado nos últimos sete dias, caso você não faça nenhuma revisão.

Por isso que é necessário fazer a revisão de contenção – MICRO REVISÃO. E depois fazer a PRIMEIRA REVISÃO que tem a função de RECUPERAÇÃO daquilo que foi esquecido, mas foi esquecido há pouco tempo, e que pode ser mais fácil de ser recuperado, no prazo de uma semana.

A PRIMEIRA REVISÃO você faz no início do seu período de estudo. E a MICRO REVISÃO ou REVISÃO ZERO você faz no fim do seu período de estudo. Para ficar mais claro ainda, PERÍODO DE ESTUDO é o tempo contado em minutos que você vai se dedicar a uma certa disciplina num dia de estudo (entre 30 minutos e 120 minutos no máximo). E durante este período, você deve ocupar os 10 primeiros minutos revisando a matéria  que você estudou na última vez que se dedicou a esta disciplina. E durante os minutos finais, você deve revisar o que você acabou de estudar.

SEGUNDA REVISÃO – A segunda revisão tem como finalidade reforçar a recuperação e dar início ao processo de fixação.

Ela deve ser feita, sobretudo com papel e caneta.

Você deve começar a fazer pequenos resumos e esquemas que facilitem a recuperação do conteúdo estudado.

O prazo dessa revisão deve ser de no máximo 30 dias. Você deve interromper seu horário ou seu ciclo de estudos para dedicar-se a todo esse esforço de recuperação e fixação do conteúdo estudado. Durante dois dias você só vai revisar matéria jque á foi estudada. Tirar dúvidas e aprofundar o assunto. Começar a fazer alguns exercícios. Nada de matéria nova durante esses 2 dias.

TERCEIRA REVISÃO – A terceira  revisão deve ocorrer a cada dois meses inteiros de estudo e deve durar aproximadamente duas semanas.

Após dois meses de estudo você vai parar de estudar matéria nova e vai dedicar-se exclusivamente a fazer resumos e palestras para você mesmo sobre as disciplinas estudadas. Aqui já estamos num momento de revisão ativa. Esta revisão deve durar algo em torno de duas semanas ou o tempo necessário para você revisar tudo novamente.

É importante ressaltar que as revisões são feitas a partir das suas marcações, das suas anotações.  E portanto, ela deve ser mais rápida. Você deverá ser capaz de revisar todas as suas anotações feitas nesses últimos dois meses.

(COMO FAZER ANOTAÇÕES CORRETAMENTE é outro tópico que será tratado oportunamente)

Os momentos anteriores foram marcados por um esforço de assimilação, de internalização da matéria, de entrada do conteúdo, de INPUT.

A partir, sobretudo da TERCEIRA REVISÃO (talvez um pouquinho a partir da segunda), as revisões ficam mais ativas, porque agora você precisa se esforçar para externalizar a matéria. E não mais para internalizar.

Quanto mais você for capaz de falar sobre o assunto estudado, ou quanto maior for sua capacidade para escrever sobre o assunto, mais você fixará a disciplina.  Por isso, este momento chama-se de REVISÃO DE FIXAÇÃO PROVISÓRIA.

QUARTA REVISÃO – Nesse momento final, temos o instante da FIXAÇÃO DEFINITIVA.

Aqui você já deve ser capaz de dissertar sobre o assunto estudado, falar com tranquilidade e coerência.

Somando todos os momentos de estudo,  você estudou a mesma matéria seis vezes.

  1. no primeiro momento de estudo;
  2. na hora da micro revisão;
  3. depois quando você retorna dentro de 7 dias – primeira revisão;
  4. quando você para por dois dias e faz a segunda revisão dentro de 30 dias no máximo;
  5. após 2 meses de estudo, você para duas semanas e revisa toda  a matéria;
  6. Finalmente, você vai repassar toda a disciplina após o seu encerramento fazendo exercícios, redações, palestras mentais.

Repetindo qualquer conteúdo por pelo menos 5 vezes, você aumenta a chance de lembrá-lo em mais de 20 vezes. Não há outra forma de você alcançar o domínio de qualquer assunto sem repeti-lo, sem falar dele com outras pessoas, sem ficar atento às vezes que isso vira assunto de roda.

Portanto, você que está estudando e não sabe direito como estudar, saiba que você precisa revisar sempre.

Caso contrário, boa parte do que você aprendeu será simplesmente perdido e seu tempo completamente desperdiçado.

O grande dilema de quem está estudando e se vê confrontado com a exigência de fazer revisões é a impressão de que está perdendo tempo. Afinal se você faz a revisão de forma adequada, você sempre tem a sensação de que sabe a matéria e então começa a achar que está perdendo tempo. Mas você  só sabe a matéria porque está revisando. Só que fazendo isso você tem a impressão de avançar muito lentamente.

MAS POR OUTRO LADO, SE VOCÊ NÃO FAZ AS REVISÕES, você acha que está avançando muito rapidamente. E vai avançar mesmo. Ao invés de estar na leitura da página 50, talvez você já esteja na página 100. Todavia, você avançou rápido, mas não se lembra de nada. Ou se ainda se lembra de alguma coisa, daqui a pouco vai esquecer quase tudo.

As revisões fazem parte de um dos últimos assuntos do CURSO COMO ESTUDAR. Isso se deve ao fato de que antes de você começar a estudar, muitas são as instruções que devem ser realizadas para que você consiga organizar o seu estudo de forma a obter os resultados adequados.

Essa pesquisa me esclareceu que, é mesmo necessário realizar todos os preparativos estratégicos, táticos e técnicos que vão permitir que você estude corretamente e faça as revisões com muito proveito.

Um grande abraço,
Prof. Rubens

Quero conhecer o MÉTODO COMO ESTUDAR

 

Quer saber mais?

 

AULA ON LINE começando dentro de alguns minutos. Inscreva-se e Participe.

Dentro de alguns minutos vai começar uma aula on line. Inscreva-se e Assista. Você vai aprender tudo que é necessário para  começar a estudar corretamente. Clique aqui  http://bit.ly/AULA_ON_LINE_Agora_01 

Palestra do DIA DO ESTUDANTE começando dentro de 15 minutos. Inscreva-se e Participe.

Neste link você poderá assistir a uma aula exclusiva na qual eu vou ensinar 17 dicas poderosas para melhorar sua aprendizagem e antecipar sua aprovação - http://bit.ly/Palestra_do_Dia_do_Estudante

Deixe seu comentário

comentários

Deixe uma resposta