Você tem certeza que você sabe ler um livro?

Você tem o costume de ler? 

Se você ainda não tem o hábito da leitura, ler um livro de 700 páginas é algo como querer correr a maratona de 42km sem nunca ter corrida 500 metros. 

O Brasileiro lê muito pouco. Nossos hábitos de leitura são péssimos.

Os indicadores mundiais dizem que cada brasileiro lê 0,6 livro por ano.

Isto significa que não tem um brasileiro que consiga ler um livro por ano.

De outro jeito pode-se dizer que no Brasil, um livro para ser lido em um ano, precisa de dois brasileiros.

Uma ideia muito presente neste curso é a comparação da atividade intelectual com a atividade física.

Apenas pessoas treinadas  conseguem correr duas horas seguidas.

Para estudar é a mesma coisa. Para ler é a mesma coisa. Você precisa de treino.

Se você não treinar, você não conseguirá ler durante duas horas. Mexer os músculos por duas horas é mais fácil do que “mexer” o cérebro por duas horas.

Como as pessoas lêem paradas, sentadas numa cadeira, numa poltrona

Portanto, estudar e ler durante uma ou duas horas não é para qualquer um. É preciso treinar.

Se você quiser se preparar para a maratona, você precisará fazer treinos de 15 minutos, depois treinos de meia hora, uma hora, duas horas, depois será preciso correr 2km, fazer corridas de 6km, 10km.

Finalmente você conseguirá acabar uma meia-maratona de 21km, até chegar o grande dia dos 42km.

As pernas, os braços, o coração, o pulmão, os músculos a cabeça precisam de preparação.

Ficar sentado duas horas não é tão fácil quanto parece.

Ficar com a cabeça concentrada lendo um texto por uma hora, duas horas… não é fácil.

É por isto que muitas pessoas reclamam da concentração, ou melhor … reclamam da distração.

Na verdade, estas pessoas se distraem porque não estão treinadas. E se você não treinou, se você não temo hábito da leitura, na verdade não faz sentido você reclamar que não consegue ler do mesmo jeito que não faria sentido reclamar pelo fato de você não conseguir correr durante duas horas.

Então para ser bem realista é preciso que você perceba se você está treinado para ficar estudando, lendo e fazendo exercícios.

E por quanto tempo você consegue fazer isto sem se distrair, sem se cansar??

Isto é muito importante, porque na grande maioria dos casos ESTUDAR significa LER e fazer exercícios da matéria estudada, ou fazer resumos, ou falar sobre a matéria estudada. Mas antes de tudo vem a exigência de ler.

E para fazer isto é necessário um certo preparo e um certo costume.

Como fazer para melhorar meus hábitos de leitura?

Seja qual for a matéria que você deve estudar, a primeira coisa que você deve fazer é ter uma visão geral da matéria.

Se você está se preparando para uma grande prova ou um  concurso é preciso que você saiba pelo menos quantas matérias serão e tentar alcançar o mais rapidamente possível uma visão geral de todas as disciplinas.

E para fazer isto a melhor coisa é buscar resumos das matérias. Hoje na internet há muitas apostilas que podem servir de introdução para qualquer assunto do universo. E nas livrarias há pequenos resumos ou sinopses que servem de introdução.

Se você tem que estudar uma matéria jurídica, por exemplo, não adianta começar por aquele manual excelente do Doutor Fulano de Tal, autoridade no assunto, mas que tem apenas 784 páginas!!

Há resumos para serem vendidos que permitem que você adquira uma visão geral da matéria em poucas horas.

É claro que estes resumos não são suficientes.

Mas eles serão o alicerce de todo o resto. Eles são o ponto de partida.

Na internet há enciclopédias sobre qualquer coisa do universo.

Comece uma pequena pesquisa que lhe traga um pequeno texto introdutório.

Ou mesmo consulte alguma enciclopédia ou dicionário especializado.

Em síntese, comece sempre por um texto pequeno, que possa ser introdutório e lido em meia hora ou no máximo em uma hora.

Eu vou usar uma expressão técnica: DOMÍNIO BÁSICO ou DOMÍNIO MÍNIMO. O que você precisa alcançar com essas leituras introdutórias é o DOMÍNIO BÁSICO. Pois a conquista do DOMÍNIO BÁSICO é uma escada para os patamares seguintes da aprendizagem.O Domínio Básico prepara você para entrar em contato com os conteúdos mais difíceis e avançados.

Pois quando você passar para um texto mais denso, com um número de páginas maior, você já terá os rudimentos daquela matéria e a estrutura principal não será novidade.

Com isto você estará revisando os rudimentos adquirido na leitura do resumo, e você terá mais espaço de memória para assimilar a matéria nova.

Para quem está se preparando para concursos a melhor dica é começar por um destes resumos breves, em seguida passar para alguma daquelas apostilas vendidas pelos cursos preparatórios e em seguida aprofundar o estudo com algum bom livro e fazer e refazer exercícios.

Afinal se você ainda não tem o hábito da leitura, ler um livro de 700 páginas é algo como querer correr a maratona de 42km sem nunca ter corrida 500 metros.

Então é importante começar sua leitura por textos menores que abrangem toda a matéria de forma superficial, para depois ler textos maiores que vão aprofundando aquilo que você já aprendeu dos resumos.

Se você está se preparando para algum concurso leia primeiro todo o edital; depois leia com atenção a matéria das provas de cada uma das disciplinas dos concursos (aqui você já está estudando!); em seguida faça a seleção do material que você irá utilizar:

  1. resumos,
  2. apostilas,
  3. livros,
  4. material de exercícios;
  5. há muito material disponível em MP3 (áudio compacto) para ser ouvido;
  6. cursos on line.
  7. leia o índice de cada resumo, ou dê uma olhada superficialmente
  8. leia o resumo da matéria (faça exercícios)
  9. leia a apostila (faça exercícios)
  10. assista algum vídeo introdutório no youtube
  11. leia o livro

A leitura do livro só deve ser iniciada depois desse trabalho de entrada gradual no assunto.

Essa é a única forma de você começar corretamente a leitura de um livro cujo assunto você ainda não conhece muito bem.

Para quem tem que estudar alguma matéria tal como matemática, matemática financeira, estatística, contabilidade… também é preciso fazer a mesma coisa, no entanto a ênfase estará mais em praticar os exercícios e saber interpretar os textos dos exercícios.

Há matérias exatas, sem as quais fica impossível fazer exercícios sem a teoria bem assimilada.

Lembre-se, ainda estamos no plano das TÁTICAS. Mais à frente você terá TÉCNICAS que vão ensinar o que fazer quando o livro estiver na sua mão.

Em síntese, para responder a questão deste tópico COMO MELHORAR MEUS HÁBITOS DE LEITURA é preciso começar a ler, gradualmente, textos com graus crescentes de dificuldade: primeiro um resumo para alcançar uma visão superficial (mas geral), depois a apostila para começar a aprofundar, depois o livro específico para dar o acabamento à aprendizagem desta matéria.

Também é preciso considerar o tempo. Se você ainda não tem o hábito da leitura, comece lendo 15 minutos, e faça 15 minutos de exercícios, depois, 20, 30… Vá crescendo gradualmente.

ESTUDO DE CASO:  O Alcides e a leitura 

O Alcides é um brasileiro como a maioria dos outros brasileiros. E infelizmente ele não tem o hábito da leitura. E apesar disto ele está se preparando para um concurso que vai exigir muita preparação. Aqui vai a reprodução de nossa conversa.

– Qual foi o último livro que você leu inteiro?

– Foi um dos livros para o vestibular.

– E na faculdade, o que você tem lido?

– Na faculdade, em geral eu leio as anotações do meu caderno, as anotações fotocopiadas de uma colega de sala de aula, e às vezes leio os capítulos que o professor indica e que a turma tira xerox.

– Quantos livros inteiros você já leu desde que iniciou a faculdade?

– Nenhum.

– Qual matéria que você tem no seu curso de administração e que vai cair nos concursos que você vai prestar?

– Dentre elas, as mais importantes são as seguintes: Português, Inglês, Direito, Contabilidade, Estatística, Matemática Financeira…

– Ótimo. Todas estas disciplinas exigem leitura. Encontre para cada uma delas um pequeno resumo. E faça uma revisão de tudo que você já tem nos seus cadernos.

– Isto vai ser fácil.

– Vai ser fácil, mas vai tomar tempo.

– E depois?

– Tenha como prioridade, neste momento alcançar uma visão geral de forma bem rápida de tudo que você vai estudar. Como você está começando, nos tempos de estudo mais longos, leia as anotações dos seus cadernos até encerrá-las. Caso você não tenha estas anotações procure resumos breves que dêem a você uma visão geral e superficial das disciplinas.

– Eu tenho anotações de algumas discplinas. Mas de outras eu não tenho absolutamente nada. Eu só usava o caderno de outras colegas. Então vou precisar encontrar algum resumo disponível por aí.

– Sem problema. É assim mesmo. Com isto você começa a ganhar “resistência mental”. Aos poucos você vai alcançando a capacidade de ler durante mais tempo.

– Ótimo!

– Depois disto comece a ler alguma apostila que aprofunde um pouco mais a matéria, ou mesmo algum livro pequeno que faz as vezes da apostila.

– E depois disto já começo a fazer exercícios?

– Sim. Desta forma você fixa o que aprendeu e também conseguirá fixar certas dúvidas que não foram respondidas pelos textos menores.

– Não entendi esta última parte.

– Você leu um texto simples e breve e foi fazer exercícios. De repente você se confrontou com uma questão que você não estudou. Então esta questão já virou dúvida e agora você lerá os textos com esta dúvida na cabeça. Esta dúvida virou um gancho, um ímã, uma bússola. Um gancho porque vai prender qualquer coisa que estiver relacionada com o assunto. Um ímã porque vai atrair para a sua atenção tudo que for capaz de resolver essa dúvida. Uma bússola, porque essas dúvidas servirão de direção para o seu estudo. Na hora que você chegar nesta matéria, você talvez se lembre daquela questão que você não conseguiu responder e descubra a resposta.

– Entendi!

– Desta forma, quando você se confrontar com um texto mais profundo, você já terá os rudimentos daquela matéria e já terá algumas dúvidas que vão orientar sua leitura. Mãos à obra!

É possível ler muito mais rápido? 

Você se lembra do filme FORREST GUMP?

De repente ele começa a correr e não pára mais.

Aquilo é de mentirinha. Ninguém consegue fazer aquilo.

Da mesma forma que não dá para começar a correr sem preparação nenhuma, não é possível começar a ler sem preparação nenhuma.

Ao escolher um texto, uma apostila, um livro para estudar é necessário submetê-lo a alguns procedimentos: 1. leia a apresentação ou o resumo se tiver; 2. leia o índice; 3. leia a bibliografia; 4. leia a contra-capa; 5. veja qual a editora do livro; 6. veja qual é a edição daquele texto e verifique o ano de publicação daquele volume.

Isto é uma tática que tem que ser realizada com qualquer texto, afinal quando você for ler o texto pode ser que ele não seja exatamente aquilo que procurava.

E ao mesmo tempo esta leitura prévia já é leitura e já prepara o leitor para se aproximar do texto com mais disposição, com mais familiaridade e com mais facilidade.

Depois aprofundaremos as técnicas de leitura. Mas de antemão já quero adiantar o seguinte: aqueles cursos de leitura dinâmica têm muito pouca utilidade para quem estuda.

Aprender e assimilar conhecimento é algo que não dá para ser feito de forma super acelerada.

Para que o processo de assimilação e de aprendizagem ocorra é necessário tempo e repetição.

Este curso acelera sua aprendizagem não porque ele consiga turbinar os estudantes, mas porque este curso ensina o jeito certo de estudar, ensina como otimizar o tempo de estudo e diminui os desperdícios de tempo e de esforço intelectual. Então o estudante tem a impressão de que se está aprendendo algo de forma mais rápida.

Não adianta acelerar alguém que está indo na direção errada. Se ele bater o carro no muro, com o carro muito acelerado o estrago será muito maior.

Eu ensino o jeito de certo de ler, o jeito certo de estudar: a consequência disso é que você estuda mais leve e por causa disso tem a impressão de que está aprendendo mais rápido. E está mesmo. Mas está aprendendo mais rápido porque passou a estudar do jeito correto.

As técnicas de leitura dinâmica servem basicamente para leitura de jornais e revistas.

Se você tem que estudar uma disciplina difícil, não adianta correr.

As formas de aceleração da leitura mais sólidas são estas que indicamos: leitura prévia do texto, observando-se o resumo, a apresentação, o índice, a editora, a bibliografia, etc.

Como eu decidi comprar um livro.

– Prof. Rubens, num dia destes fui comprar um livro e segui as indicações do seu curso. E três coisas foram decisivas para que eu não comprasse um determinado livro: 1. percebi que não tinha bibliografia, então pareceu-me que o texto podia não ser muito bem fundamentado; 2. o texto não tinha apresentação de ninguém e 3. a editora era completamente desconhecida.

– Estes sinais podem indicar que talvez não se trate de um livro bom, escrito por alguém autorizado. Estes sinais não são definitivos, mas indicativos.

– Mas continuei procurando e encontrei um livro que tinha na orelha uma pequena apresentação de alguém muito conhecido naquela área . O livro era de uma Editora grande e conhecida, e no livro havia uma bibliografia de livros importantes sobre aquele assunto. Foi este que comprei.

– Vou repetir o que disse acima. Estes sinais indicam que talvez se trate de um livro bom. E fazendo o que fez, explorando o livro previamente, você já teve uma noção do que está sendo tratado ali.

– Ah… mas o que me levou a decidir pelo livro foi o seguinte… Como eu estava na livraria de um shopping, e tinha poltronas para sentar, ali mesmo eu li a apresentação, a introdução e parte do primeiro capítulo.

– Muito bem!

– Então comprei o livro com a certeza de que estava comprando o livro certo.

– Mais importante do que ter comprado o livro, foi ter conseguido alcançar uma visão superficial e panorâmica do livro. Agora você precisa ler com atenção. Mas as técnicas mais específicas para serem utilizadas na hora da leitura serão trabalhadas mais na frente.

Esta ocasião vivida pelo Alcides, foi muito boa para explicitar como se deve escolher um livro antes de se decidir por iniciar sua leitura. No caso do Alcides ele decidiu comprar o livro. Mas isto deve ser feito não só quando se compra um livro, mas todas as vezes que você for ler um livro ou um texto qualquer. Afinal você vai gastar um tempo precioso sobre este texto. Portanto é importante que este tempo seja bem gasto. O mesmo deve ser feito com textos menores. 

Se você for ler um verbete de um dicionário ou de uma enciclopédia, é importante que você saiba se o dicionário ou se a enciclopédia são bons. Não é qualquer autor que se dispõe a colocar um verbete seu em qualquer dicionário ou em qualquer enciclopédia.

_____________________________________________________

 

RECAPITULANDO

Você tem o costume de ler?

Como fazer para melhorar meus hábitos de leitura?

É possível ler muito mais rápido?

ATIVIDADES

Faça uma seleção de pequenos textos literários, pequenos contos, pequenas histórias. Leia e conte para alguém do seu círculo próximo as histórias que você leu.

44% da população brasileira não lê e 30% nunca comprou um livro, aponta pesquisa Retratos da Leitura

Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para outro tópico faça mentalmente uma revisão do que você compreendeu deste tópico.

 

Quero conhecer o MÉTODO COMO ESTUDAR

Deixe seu comentário

comentários

Deixe uma resposta